terça-feira, 21 de junho de 2016

Contrapropaganda




Contrapropaganda



  Danoninho vale por um bifinho?!




  Fórmula do danoninho, retirada do site da Danone ...Leite desnatado, xarope de açúcar, preparado de morango (água, frutose, polpa de morango, cálcio, fósforo, açúcar, amido modificado, zinco, ferro, vitaminas D e E, estabilizantes goma xantana, goma carragena e carboximetilcelulose, acidulantes ácido tartárico e ácido cítrico, aromatizante, conservador sorbato de potássio e corante natural carmin), creme de leite, cálcio, cloreto de cálcio, fermento lácteo, quimosina e estabilizantes goma guar, carboximetilcelulose, goma garragena e goma xantana. 
Só por curiosidade, esse corante natural carmin que é utilizado no Danoninho, é obtido através do esmagamento do corpo seco de um inseto, proveniente do México, chamado Dactylopius coccus ou Cochonilha.
Quem não se importa com o inseto, deveria pelo menos se importar com a quantidade exagerada de açúcar, que é super prejudicial à saúde das crianças
De acordo com a Proteste, que analisou diferentes marcas de Petit Suisse:
“… os petit suisse apresentam açúcar em excesso, o que é prejudicial à saúde das crianças, que acabam se acostumando ao paladar doce desde cedo. Se uma criança de 7 a 10 anos consumir um potinho, estará ingerindo 27% do limite diário máximo de açúcar de absorção rápida. Se tiver de 4 a 6 anos, 32%. Valor muito acima do ideal recomendado – no máximo, 10%. Na década de 1980, havia uma propaganda que falava que um queijo petit suisse “vale por um bifinho”. É importante saber que este alimento tem um valor nutricional muito inferior que o da carne, esta sim rica em proteínas, vitaminas e minerais, livre de conservantes, corantes e açúcares adicionados e com melhor índice de absorção pelo organismo. Embora sejam fontes comprovadas de minerais e proteínas, os testes provaram que os petit suisse não contêm a quantidade de minerais declarada no rótulo. Os maiores problemas foram detectados nos teores de ferro e cálcio: as quantidades informadas no rótulo eram inferiores às realmente existentes no produto.”
Fora que o Danoninho não é indicado para crianças menores de três anos (alguns dizem quatro). Isso mesmo que vocês leram! Menores de três anos não devem consumi-lo!  O próprio fabricante informa,porém  a Danone deixa claro: Danoninho é uma marca de nutrição infantil. Os produtos da linha são enriquecidos com Cálcio, Ferro, Zinco, Fósforo e Vitaminas para complementar a alimentação das crianças de idade pré- escolares.
Se o próprio fabricante diz, porque alguns pediatras liberam o consumo para crianças de apenas seis meses de vida? É de se indignar, não acham? Bebês não devem consumi-lo!!!!!!!!